Apoio Domiciliário ou Lar de Idosos. Qual escolher?

apoio domiciliário idosos
Colocar a pessoa idosa num lar de idosos ou permanecer em casa (apoio domiciliário) com alguns apoios? Qual escolher?

Apoio Domiciliário ou Lar de Idosos. Qual escolher?

Em determinadas alturas da vida surgem alguns problemas de saúde que colocam os familiares e os idosos perante uma decisão difícil de tomar.

Colocar a pessoa idosa num lar de idosos ou permanecer em casa (apoio domiciliário) com alguns apoios?

A grande maioria das pessoas quando é questionada sobre a possibilidade de envelhecer num lar de idosos ou ficar em casa prefere ficar em casa. Ambas as opções têm benefícios, o importante é perceber o que melhor se adequa à sua situação.

Lar de Idosos – Aspetos positivos:

Cuidados clínicos permanentes – nem todos os lares de idosos têm esta opção porém muitos tem enfermagem e médico diariamente;

Atividades diárias – por lei os lares de idosos são obrigados a terem animadores social;

Socialização – pelo facto de estarem institucionalizadas mais pessoas;

Ausência de preocupação com as atividades domésticas – o lar de idosos será responsável pelas atividades domésticas por isso não terá que se preocupar com a confeção da alimentação ou a higiene das instalações;

Estrutura física adaptada – a unidade estará arquitetonicamente preparada para as necessidades dos idosos, tanto a nível das instalações sanitárias como camas articuladas, poltronas, etc. Os lares de idosos têm que obedecer a determinadas características exigidas na lei.

Apoio Domiciliário – Aspetos positivos:

Profissionais altamente dedicados – Os profissionais apenas o têm a si para tratar pelo que toda a sua dedicação e tempo são para si. Pode ter acesso desde cuidadores a profissionais de saúde (enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, psicólogos, nutricionistas, terapeutas da fala ou ocupacional);

Conforto e Segurança da sua casa – Está no local que melhor conhece e rodeado de todos os seus pertences. Provavelmente conhece a sua casa até de olhos fechados;

Privacidade – Numa instituição todas as áreas são partilhadas enquanto que na sua casa só entra quem desejar;

Mantêm a sua Rotina – Nas instituições por logísticas de trabalho existe um intervalo de tempo para determinadas tarefas. Todos têm que acordar entre x horário. Todos têm de comer entre X horário. Na sua casa os profissionais adaptam-se à sua rotina;

Alimentação personalizada – na sua casa pode manter a alimentação e receitas culinárias que mais gosta e que está habituado a comer;

Presença de familiares e amigos – Os seus familiares e amigos podem ir visitá-lo sem qualquer restrição de horário;

– Confiança – com o passar no tempo e com a convivência o profissional que trabalha na sua casa acaba por conhecer os seus hábitos, os seus gostos e as suas preferências o que se traduz numa relação de confiança.

Saúde Mental – pelo fato de estar na sua casa está associado maiores níveis de alegria e confiança e menores de stress, tristeza e confusão.

Dependendo de cada situação clínica poderá ter que fazer pequenos ajustes e adaptações à sua casa. De forma a promover a sua autonomia e evitar situações de perigo poderá ter que adquirir ou alugar alguns equipamentos como cama articulada, cadeira de rodas, apoio de sanita. Hoje em dia existem muitas opções no mercado para que possa adaptar a sua casa às suas necessidades.

O nosso parceiro – Centro de Ortopedia e Reabilitação de Loures tem-nos ajudado a equipar algumas casas para que possamos desenvolver um trabalho de excelência.

Se algum familiar tiver disponibilidade e quiser ser parte integrante dos cuidados pode assumir-se como cuidador informal. De forma a sentir confiança na sua prestação pode fazer formação na área.

Se a escolha for permanecer em casa e ter acesso a Apoio Domiciliário nós podemos ser uma opção. Confira se a sua localização está dentro da nossa área de atuação – concelhos:

  • Alcochete, Alenquer, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos,
  • Barreiro,
  • Cascais,
  • Lisboa, Loures,
  • Mafra, Moita, Montijo,
  • Odivelas, Oeiras,
  • Palmela,
  • Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra, Sobral de Monte Agraço e
  • Vila Franca de Xira.

Outros artigos do blog

Fale connosco
1

Informações